Participação Taça de Portugal

Nelson Baroca 5.º no Campeonato Ibérico Masculino em Montalegre

O Munícipio de Montalegre recebeu o campeonato Ibérico Masculino de Orientação no passado fim-de-semana, 16 e 17 de Setembro de 2017. Os melhores orientistas da Madeira em representarção do Clube Aventura da Madeira e Ludens Clube de Machico estiveram presentes no evento que contou com três percursos, um de Distância Média e um Sprint urbano no Sábado e uma prova de Distância Longa no Domingo.

As provas decorreram em área florestal e agrícola em Moscoso e Salto, com a prova urbana a decorrer em Montalegre. No total participaram cerca de 600 orientistas com a particularidade metade dos participantes serem oriundos de toda a Espanha.

Nelson Baroca destacou-se entre a participação dos madeirenses. O orientista do Clube Aventura da Madeira iníciou a sua participação no escalão Elite, com um excelente 4.º lugar na distância média, depois no percurso urbano foi 5.º e na distância longa a 8.ª posição, resultados que proporcionaram o 5.º lugar final no evento (terceiro português) e uma presença no pódio que distingue os cinco primeiros. Ainda no escalão Elite, Xavier Vieira foi 13.º e João Gomes foi 17.º, ambos orientistas em representação do Clube Aventura da Madeira.

Nas restantes participações, António Olival (CAMadeira) foi 10.º no escalão H45, num escalão que contou com 45 participantes. Do Ludens Clube de Machico estiveram presentes Afonso Fernandes 14.º em H16, Filipe Fernandes 19.º em H20, Inês Fernandes 11.ª em D21B e Paula Rodrigues 4.º em D21A .

_______________________________________________________________________________________________________________________

O Clube Aventura da Madeira esteve presente na etapa da Taça de Portugal de Orientação pedestre que decorreu, em Satão, Viseu, no passado fim-de-semana, 8 e 9 de Outubro.

A prova decorreu na área do mapa Sr. Dos Caminhos – Satão, um terreno com imensos e complexos desafios de Orientação. Muitas pedras, vegetação densa, e muitos matos rasteiros dificultaram a progressão nas três provas propostas pela organização do Clube de Orientação de Viseu – Natura.

dsc09522

Sábado pela manhã, a primeira etapa de distância média foi o teste para um fim-de-semana desafiante de Orientação. À noite a organização preparou um percurso extra competição que surpreendeu a maioria dos participantes, um percurso que entrou na floresta com elevada dificuldade e a exigir dos participantes a máxima atenção na progressão e orientação. No Domingo, pela manhã, a 3.ª etapa de distância longa que revelou-se para a maioria dos orientistas, mais longa do que o previsto tal foi a distância e dificuldades de progressão e orientação.

dsc09567

Os orientistas do Clube Aventura da Madeira cumpriram apesar da complexidade do terreno, Nelson Baroca a competir na Elite, e no somatório das duas etapas pontuáveis para a Taça de Portugal, conseguiu a 7.ª posição, somando 3:28:01 de prova nos dois dias. Xavier Vieira a competir no escalão H21A, foi 4.º e João Gomes no mesmo escalão foi 9.º. No Escalão D21A, Ana Gouveia foi 8.ª, enquanto António Ferro a competir no H40, foi 3.º classificado. De registar que a prova noturna extra competição teve dois percursos, António Ferro e João Gomes participaram no Aberto Difícil conseguindo concluir com êxito o percurso proposto pela organização, foram 8.º e 14.º respetivamente, num percurso com 46 orientistas inscritos, tendo-se registado 16 desclassificados por falta de pontos, e 12 desistências. O Clube Aventura da Madeira terminou na 12.ª posição entre os 35 clubes representados no evento.

dsc09574

____________________________________________________________________

Xavier Vieira e David Henriques nos pódios do Lisbon International Orienteering Meeting – 30 e 31 jan 2016

Decorreu no passado fim-de-semana o Lisbon International Orienteering Meeting, um evento constituido por três percursos de Orientação Pedestre. No Sábado, decorreu a Distância Sprint nas ruelas de Alfama, num evento pontuável para o ranking mundial da disciplina, o que atraiu

____________________________________________________________________

Madeirenses iniciam competição nacional de Orientação em Espanha

Ciudad Rodrigo, Salamanca, recebeu o Campeonato Ibérico Masculino e uma das etapas da Taça do Mundo de Orientação Pedestre, evento igualmente pontuável para a Taça de Portugal da modalidade, em percursos que decorreram no passado fim-de-semana, 23 e 24 de janeiro.

Uma representação da Madeira constituída por Orientistas do Clube Aventura da Madeira, Ludens Clube de Machico e Clube de Montanha do Funchal esteve presente no evento, que marcou o início das provas pontuáveis para o Ranking da Taça de Portugal 2016.

O primeiro dia de competição iniciou-se com a prova mais importante, com o percurso de distância longa em ambiente de floresta, e com destaque para a participação de Nelson Baroca (Clube Aventura da Madeira) no escalão Elite, disputando a pontuação para a Taça do Mundo e o Campeonato Ibérico com os melhores orientistas espanhóis e alguns atletas internacionais. O atleta madeirense conseguiu neste primeiro percurso, de 15,4km e 285 metros de desnível positivo, disputado na manhã de Sábado, uma boa prestação, foi 15.º da geral entre os 34 participantes no escalão Elite. Entre os portugueses que competiram neste escalão foi 4.º classificado.

Xavier Vieira a competir no escalão sénior H21A, que teve um percurso com 10,4km, com 48 participantes, foi 6.º classificado e melhor português, enquanto João Gomes foi 23.º da geral neste mesmo escalão, ambos representando o Clube Aventura da Madeira.

No escalão Júnior, H20 Filipe Fernandes do Ludens teve algumas dificuldades, no entanto, conseguiu concluir o percurso com 10,8km em 2:33:44, que lhe valeu a 34.ª posição.

Em representação do Clube Aventura da Madeira ainda participou Nélia Sousa no escalão F40, tendo concluído a sua prova de 5,2km, na 23.ª posição com 1:43:12 e António Amador do Clube de Montanha do Funchal, concluiu a sua prova com 5,2km em 1:58:35.

Na tarde de Sábado, disputou-se uma prova na distância Sprint extra competição, em ambiente de floresta, prova que os madeirenses participaram tendo estado em destaque Nelson Baroca 13.º entre os 66 participantes no escalão sénior.

Na manhã de Domingo disputou-se uma prova de distância média, em ambiente urbano, aproveitando a cidade antiga dentro de uma fortificação singular, somente com algumas passagens para o exterior e que constituíram uma das principais dificuldades nas opções de entrada e saída. Neste dia, Nelson Baroca cometeu diversos erros, tomando algumas opções que comprometeram e muito a sua prestação neste percurso, somando 51:19 para concluir os 5,4km do itinerário retilíneo. No resultado do evento, que somou os tempos dos dois dias de competição Nelson Baroca classificou-se no 19.º do escalão Elite.

No escalão H21A, Xavier Vieira voltou a ser o melhor português em prova, foi 5.º e na soma dos resultados 6.º da geral. João Gomes melhorou a sua prestação, conseguindo um 15.º lugar na distância média e 19.º da geral dos dois dias de competição. Nélia Sousa terminou a prova com o tempo de 37:27, no entanto, não controlou um dos pontos de passagem e foi desclassificada. Filipe Fernandes fez 56:36 e terminou o evento coma 33.º posição enquanto António Amador foi 24.º com o tempo de 41:09.

Troféu Ciudad Rodrigo

Sprint Ciudad Rodrigo

I Troféu de Orientação de Proença-a-Nova

Xavier Vieira vence H21A e Nelson Baroca foi 4.º na Elite

No passado fim-de-semana, 3 e 4 de outubro de 2015, decorreu o I Troféu de Orientação de Proença-a-Nova, uma prova integrada na Taça de Portugal de Orientação Pedestre 2015, constituída por dois percursos de distância Média na floresta de Figueira e um terceiro percurso, de Sprint, no centro urbano de Proença-a-Nova. O Clube Aventura da Madeira esteve representado por três orientistas, Nelson Baroca, Xavier Vieira e Ricardo Ladeira.

Xavier Vieira esteve em destaque, classificou-se em 4.º e 2.º nas provas de distância média e 4.º no Sprint,  o que valeu a vitória final no escalão H21A, enquanto Nelson Baroca obteve um 4.º e 5.º na distância média e 5.º no Sprint, conseguindo seu melhor resultado desde que disputa o Escalão Elite, ficando na 4.º posição final, no resultado dos dois dias de comeptição. Ricardo Ladeira também participou, no escalão H50, tendo obtido o 7.º lugar final.

12096289_1057473840943520_4898128884096601294_n12096233_1057474340943470_991116429054317465_n

O Clube Aventura da Madeira no Portugal Orienteering Meeting 2015

Os atletas da Madeira viveram uma excelente experiência de Orientação na maior prova portuguesa de Orientação pedestre, que se assume como um dos principais eventos do calendário internacional da modalidade. As provas principais aconteceram em Mira e Vagos, entre 14 e 17 de fevereiro.

O Clube Aventura da Madeira esteve presente com 6 atletas, que participaram em cinco percursos do vasto programa de atividades do POM2015. Mapas de dunas, com pinhal, nos dois primeiros dias com alguma vegetação mas pouco significativa, sendo os dois dias finais, a vegetação densa entre o pinhal, um autêntico labirinto com necessidade de elevada concentração e leitura de todos os detalhes.
Nelson Baroca a participar no escalão Elite, teve 58km (distâncias retilineas) de percursos na floresta para percorrer no conjunto dos 4 dias em que participou, junto com uma lista de atletas de nível mundial. Depois de alguns anos sem atletas madeirenses na elite da Orientação nacional,

Nelson Baroca chegou este ano ao escalão máximo da Orientação nacional depois de ter alcançado o 2.º lugar no Ranking da Taça de Portugal no Escalão H21A. A dificuldade física e técnica complicou a prestação do atleta madeirense, no entanto, conseguiu uma prestação média entre os atletas portugueses, tendo o seu melhor resultado no último percurso de distância longa, com a 55.ª posição e a 46.º posição no POM 2015, com 7:24:21, entre os 107 atletas do escalão Elite. Registe-se que devido à elevada participação de atletas de nível internacional organização juntou os melhores atletas num escalão Super Elite, com mais uma centena de atletas.

Xavier Vieira a participou no escalão H21A, com a participação de 101 atletas, a maioria estrangeiros, tendo conseguido um 31.º lugar no somatório de pontos dos 4 percursos de floresta, o 7.º entre os portugueses presentes neste escalão. João Gomes a participar também no H21A, obteve a 49.ª posição da geral.

António Olival participou no escalão H40 e conseguiu resultados ao meio da tabela nos 3 percursos em que classificou-se, depois de no primeiro dia ter sido desclassificado por ter controlado um ponto que não pertencia ao seu percurso. Classificou-se na 38.ª posição com apenas três pontuações, entre os 51 atletas presentes.

Sidónio Jesus participou no escalão H21B, e fez valer alguma experiência na modalidade, tendo obtido a 12.ª posição da geral, entre os 44 participantes, sendo o 3.º dos atletas portugueses neste escalão.

DSC01202

Luís Rosário na sua segunda experiência nacional teve mapas técnicos e distâncias muito acima do que tinha como experiência no escalão H14 que correu o ano passado. Agora no escalão H16, nesta prova internacional conseguiu muito boas experiências concluindo percursos muito difíceis para o seu nível de primeiro ano de juvenil, terminou na 29.ª posição do seu escalão.

De registar que a comitiva de atletas madeirenses teve mais dois atletas do Ludens Clube de Machico, Rui Alves e Márcio Gouveia, que conseguiram superar as dificuldades apresentadas e obter resultados médios no escalão H21B, vivendo uma experiência única na prova do calendário nacional mais participada de sempre. Site do evento: http://www.pom.pt/pt/

DSC01577

III Meeting Internacional de Idanha a Nova

7 e 8 fevereiro de 2015

Ana Gouveia e João Gomes ganham lugar no pódio

Clube Aventura da Madeira esteve presente no III Meeting Internacional de Idanha-a-Nova, representado por cinco atletas, que participaram nos dois percursos de floresta na localidade do Cidral e um Sprint noturno em Idanha, provas que decorreram, nos dias 7 e 8 de fevereiro.
Ana Gouveia esteve em destaque no escalão D21B, após os dois dias de competição num terreno difícil, típico de montado alentejano, mas repleto de detalhes rochosos, a atleta do Clube Aventura da Madeira venceu o segundo percurso, o que lhe valeu a o primeiro lugar no conjunto dos dois dias de competição.

DSC00488
João Gomes ficou na segunda posição escalão H21A no Sprint noturno, tendo obtido a 6 posição na soma dos dois percursos de floresta.
Nelson Baroca a correr no escalão Elite, sentiu algumas dificuldades, classificou-se na distância média em 38.º lugar, o 10.º entre os atletas portugueses, e na distância longa acabou por desistir quando tinha 2h00 de prova, devido a dificuldades físicas. De realçar que a maioria dos participantes no escalão Elite eram atletas estrangeiros de nível internacional. No Sprint Nelson Baroca, acabou em 19.º da geral, numa prova pouca participada pelos atletas portugueses, acabou por ser o terceiro dos atletas lusos.
Sidónio Jesus participou no escalão H21B e obteve a 7 posição no conjunto dos dois dias de competição, entre os 20 orientistas que competiram neste escalão.

Luís Rosário estreou-se na competição nacional e a dificuldade do terreno colocou alguns problemas, no entanto, conseguiu classificar-se na distância longa e na prova Sprint reunindo excelentes experiências para a sua evolução no seu primeiro ano de juvenil.
No global os atletas do Clube Aventura da Madeira obtiveram bons resultados, destacando-se Ana Gouveia e João Gomes que subiram ao pódio em Idanha.
A representação da Madeira ainda teve Rui Alves e Patrício Lopes do Ludens Clube de Machico a participar no escalão H21B.

DSC00503

O Clube Aventura da Madeira esteve representado no Norte Alentejano Orienteering Meeting 2015, com três atletas que assim iniciaram a sua participação nas provas do calendário da Taça de Portugal de Orientação Pedestre. A prova disputou-se em Castelo de Vide e Marvão no passado fim-de-semana, 31 de janeiro e 1 de fevereiro de 2015, tendo dois percursos de distância Média e uma prova Sprint pontuável para a Taça do Mundo da especialidade. Foram cerca de 700 participantes de 15 nacionalidades que fizeram parte da 2.ª prova do calendário máximo nacional.

______________________________________________________________________________________________

10968504_392840507543632_4992650886817765596_nO atleta do Clube Aventura da Madeira, Nelson Baroca, fez a sua estreia no escalão Elite, competindo com alguns dos melhores atletas mundiais, voltando a Orientação da Madeira a ter um atleta na Elite da orientação nacional, passados alguns anos.

O frio foi umas das condicionantes para o qual os atletas tiveram de se preparar para ultrapassar um terreno típico de montado Alentejano, com muitos detalhes rochosos e de vegetação. A primeira etapa de distância Média decorreu no Sábado, no Mapa do Vale da Silvana e a segunda etapa de floresta no mapa Quinta das Lavandas. O Sprint decorreu dentro das muralhas de Marvão, numa prova muito técnica e com muitas particularidades na interpretação do mapa e terreno que levou a algumas desclassificações.

10441274_392841170876899_1739094652756340092_n

Nelson Baroca acabou na 17.º posição no NAOM2015, o 7.º entre os atletas portugueses, e conseguiu a 21.º posição no Sprint, a nona posição entre os atletas nacionais. Xavier Vieira a participar no escalão H21A, obteve dois resultados muito próximos do pódio nas etapas de floresta, obtendo a 4.ª posição final, terceiro entre os portugueses. Na prova Sprint, foi desclassificado por um erro técnico. João Gomes completou a representação do Clube Aventura da Madeira com uma regular 15.ª posição no escalão H21A, entre os 43 participantes neste escalão. No Sprint João Gomes obteve a 34.º posição entre os 55 participantes.

De referir que estiveram presentes ainda mais atletas madeirenses, nomeadamente, Vitor Sousa, Paula Rodrigues do CMoFunchal, e Inês Fernandes, Afonso Fernandes e Rui Alves em representação do LC Machico.

Todos os resultados em:
http://www.orioasis.pt/oasis/results.php?action=view_stages&eventid=1393&stages=1,3&sum_type=2

_______________________________________________________________________________________________

Xavier Vieira, Nelson Baroca, António Ferro e Paula Rodrigues subiram ao pódio na bonita floresta da Penoita, em Vouzela

9 novembro 2014

A Taça de Portugal de Orientação pedestre visitou a espetacular área florestal da Penoita, no concelho de Vouzela. Terreno difícil progressão pela vegetação densa e terreno pedregoso, que alternou com espaços de floresta limpa e muitos detalhes de rochas.
A comitiva madeirense composta por atletas do Clube Aventura da Madeira, Clube de Montanha do Funchal, Clube PT e GD Estreito adaptou-se às dificuldades e conseguiu alguns resultados de destaque. Xavier Vieira (CAMadeira) venceu no escalão H40, onde o seu colega de equipa António Ferro obteve a 2.ª posição. Nelson Baroca (CAMadeira) classificou na 2.ª posição no escalão H21A e Paula Rodrigues (CMoF) foi 2.ª no escalão D45. Destaque ainda para o 4.º lugar de Sónia Silva (GD Estreito) no D35 e João Gomes (CAMadeira) que foi 5.º no escalão H21A.

 

________________________________________________________________________________________________

Nelson Baroca vence Circuito Nacional Urbano 2014

Nelson Baroca venceu a Final A do escalão Seniores Masculinos do Circuito Nacional de Orientação Urbana, que decorreu no passado Sábado, 8 de Novembro, na Vila de Vouzela, Viseu. O orientista do Clube Aventura da Madeira repetiu a vitória da época passada, num prova disputada ao segundo com a concorrência de alguns atletas do escalão Elite. Xavier Vieira (CAMadeira) foi 3.º na final dos Veteranos A, enquanto Sónia Silva do GD do Estreito estreou-se na competição nacional com um 3.º lugar na final do escalão veteranos femininos A.

Resultados em:http://orivouzela.coviseu-natura.pt/wp-content/docs/ResultadosFinais/FinalCiNU.html

________________________________________________________________________________________________

Orientação – Competição nacional em Ansião

19 e 20 Outubro de 2014

Xavier Vieira vence escalão H40

A atletas da Madeira mostram Orientação no concelho de Ansião, no passado fim-de-semana. No aproximar do final da época, a competição da Orientação passou pela zona centro de Portugal, com dois percursos de Distância média na Freguesia de Vale Florido, e um Sprint urbano na Vila de Ansião.

Xavier Vieira -CAMadeira

O terreno de competição em Vale Florido revelou-se bastante difícil, com muitas áreas de vegetação densa, razoável rede de caminhos e desnível acentuado, que exigiam a máxima atenção na leitura do mapa e rápidas decisões. As caraterísticas do terreno motivaram muita inconstância nos resultados, existindo algumas discrepâncias entre os atletas da frente em quase todos os escalões.

Orientistas do Clube Aventura da Madeira e Clube de Montanha do Funchal estiveram presentes, tendo obtido alguns resultados meritórios em especial Xavier Vieira, do Clube Aventura da Madeira, que venceu o escalão H40, tendo neste mesmo escalão a presença do colega de equipa, António Ferro na 3.ª posição. De destacar ainda o 2.º lugar de Sidónio Jesus em H21B e o 1.º lugar de Diogo Melim em H16, na prova urbana disputada na noite de Sábado, na Vila de Ansião. Paula Rodrigues do Clube de Montanha do Funchal obteve o 4.º Lugar no escalão D40, no conjunto dos dois dias de prova.

10352615_793690980703616_8856538096249615437_n

Estiveram ainda presentes nas provas de Distância Média, Sidónio Jesus (8.º em H21B) e Diogo Melim (12.º em H16) e João Gomes (10.º em H21A) pelo Clube Aventura da Madeira, e Vitor Sousa (4.º  em H35) e Dinarte Jesus (10.º em H21B) pelo Clube de Montanha do Funchal.

1013763_794022747337106_4257832013475984216_n

No próximo dia 8 de Novembro, realiza-se a final do Circuito Urbano de Orientação Pedestre em Vouzela, que contará com a presença dos melhores Orientistas regionais na disciplina de Sprint Urbano.

__________________________________________________________________

Meeting Internacional de Idanha-a-Nova

Madeira com bons resultados na Orientação Nacional

27 e 28 setembro 2014

Decorreu no passado fim-de-semana, no concelho de Idanha-a-Nova um evento pontuável para a Taça de Portugal de Orientação Pedestre, que assumiu cariz internacional pela atribuição dos títulos femininos do Campeonato Ibérico que motivaram a participação muitos atletas espanhóis e a participação de alguns atletas internacionais, entre eles,  Suíços, Eslovacos e Franceses.

Uma comitiva de 8 orientistas madeirenses esteve presente, com Nelson Baroca, Xavier Vieira, Diogo Melim, António Ferro e João Gomes do Clube Aventura da Madeira e Paula Rodrigues, Vitor Sousa e Donita Barradas em representação do Clube de Montanha do Funchal. Dois dias de competição em terrenos difíceis, com muitos detalhes rochosos e um relevo variado foram os principais desafios, com a particularidade de um dos três percursos do fim-de-semana ter decorrido em Monsanto, considerada a mais portuguesa das aldeias de Portugal, com os seus característicos blocos de granito entre as casas.

DSC00082

No Sábado, primeiro dia de competição, numa área de floresta e áreas abertas nas proximidades da aldeia do Cidral, no percurso de distância média, Xavier Vieira esteve em destaque, vencendo o escalão H40, Paula Rodrigues também foi segunda no D45. Os restantes madeirenses conseguiram resultados médios sem comprometer um melhor resultado final. Ainda no Sábado, ao fim da tarde, o grupo de 610 atletas envolvidos no evento deslocou-se para a vila de Monsanto, para um percurso muito técnico e tático que reduziu e muito alguma vantagem física. Neste percurso destaque para António Ferro que foi 2.º do escalão H40, e 4.º entre o agrupamento dos escalões H35, H40 e H45.

João Gomes meta Idanha-a-nova

No Domingo, novamente no Cidral, a prova de Distância Longa teve um madeirense como vencedor no escalão H21A, Nelson Baroca do Clube Aventura da Madeira conseguiu realizar o trajeto sem grandes falhas ao longo dos 9,9km, que fez em 1:13:08, conseguindo um excelente 2.º lugar no pódio do seu escalão, na soma das pontuações dos três percursos do evento, que teve em 1.º um atleta espanhol e no 2.º lugar um atleta da Eslovénia. Nelson Baroca com mais este excelente resultado consolidou a expetativa de subir para o escalão Elite no próximo ano, o que a se confirmar, será o terceiro madeirense a competir no escalão máximo da Orientação Nacional, depois de Sidónio Freitas e António Ferro.

Paula Rodrigues do Clube de Montanha do Funchal no conjunto dos três percursos conseguiu somar mais pontos e venceu o escalão D45, fruto de um 2.º lugar e dois 4.ºs. No Escalão H40, Xavier Vieira conseguiu um terceiro lugar na distância longa, recuperando o segundo lugar final no pódio do evento, enquanto o seu colega de equipa António Ferro com mais uma prova regular, garantiu o terceiro lugar do pódio, num escalão que em que os atletas espanhóis tiveram em maioria, sendo os dois orientistas do Clube Aventura da Madeira os únicos portugueses nos 10 primeiros classificados.

Nas restantes participações, de registar a evolução do juvenil Diogo Melim (CAMadeira), que conseguiu um bom 8.º lugar no final dos três percursos, entre os 28 atletas presentes no escalão H16. João Gomes (CAMadeira) classificou-se em 15.º no escalão H21A, Vitor Sousa (CMoF) ficou na 17.ª posição do escalão H35, após ter sido desclassificado no percurso Sprint, por falta de um ponto de controlo e Donita Barradas (CMoF) foi 7.ª no escalão D21B.